11 de jul de 2013

DESFECHO DIFERENTE



Balada das duas mocinhas de Botafogo - Vinicius de Moraes

Fragmento escolhido:



Ter duas filhas assim

Que nada tendo a ofertar

Em troca de uma saída

Dão tudo o que tem aos homens



Desfecho diferente - Nádia Baldisserra


Faltava-lhe orgulho
Por ter filhas tão pervertidas
Em caminhos desmedidos
Atiravam-se na vida desiludidas.
Sem ver uma saída
A ilusão se perdia.
Quando então
Lá em um belo dia
Marina e Marília olharam-se
Deram o grito de alforria!
Pelas ruas caminharam
Com suas cabeças erguidas.
Os sonhos já não eram findos.
Acordaram! 
Por onde passavam
As luzes acendiam
Viram na luta o poder
De preencher todos os vazios.
Este foi o reinício 
De Marina e de Marília


Trabalho da Oficina de literatura, Vila dos Pescadores – Região Sul – oficineiro Diego Petrarcaa

Nenhum comentário: