4 de set de 2014

Cultura e Saúde no Mês do Idoso


Oficinas da Descentralização da Cultura na Programação do VI Mês do Idoso – 22 de Setembro a 22 de Outubro/2014
Modalidade/Título
Oficineiro


Contatos/Inscrições, c/ Gerências Distritais de Saúde(fones/emails abaixo)

Dança
Sociabilização e Qualidade de Vida através das Danças de Salão e do Baile Gaúcho
Guilherme Machado Ferreira


Espaço Vida do Centro de Saúde do IAPI 
SaúdeSuiani.silva@sms.prefpoa.com.br
(51) 9175-2473
       3289-3446
Artes Plásticas
A Arte do Mundo dos Utensílios domésticos
Edson Marcio Queiroz







Auditório do Centro de Saúde Murialdo - Partenon
lribeiro@sms.prefpoa.com.br
(51) 9952-2990
       3336-1622
Literatura
A Escrita da Carta enquanto Prática Literária
Diego Castilhos Petrarca


Postão da Vila Cruzeiro
magalimarcon@smc.prefpoa.com.br
(51) 9888-9921
       3289-4063
       3289-4064

Literatura
Criação Poética focada na maturidadeplena
Roselaine Funari Tonial





UBS Bairro Restinga - Rua Abolição, 850
susanar@sms.prefpoa.com.br
3250-1142
Edson Marcio Queiroz, em primeiro plano

“Oficina de Memória” através da (re)criação de utensílios domésticos antigos, nas técnicas de machê, papietagem, aramados etc.







Diego Castilhos Petrarca


"Recuperar a escrita da carta como um modo de estimular e praticar a literatura"


Roselaine Funari Tonia, ao centro




"Criação de contos poéticos e a contação destes textos como recurso expressivo a ser utilizado nos encontros"



"Momentos de prazer e descontração, contato social, atividade física, trabalho motor, noção 
rítmica, autoconhecimento, percepção do outro e melhora da autoestima através da dança"
Guilherme Machado Ferreira
                         Gestoras da SMS, Suani, Luiza, Magali e Suzana, sob a coordenação de Tatiana de Carvalho de Nardi; Equipe da SMC,  José Lucas, Fernando Faleiro e  Clóvis Cavalheiro (Coordenador das Oficinas)

3 de set de 2014

Crianças e mulheres da Tinga: espetáculo à vista

A partir de maio acontece a Oficina de Teatro EXPRESSARTE, na ONG Tinga Reciclagem Digital – TRD - que contempla duas faixas de público – crianças, nas segundas-feiras - e mulheres, as quartas, ambas às 14 horas.
 Com os jovens atores será trabalhada a expressão corporal, os elementos básicos do teatro, jogos lúdicos e jogos dramáticos, além de técnicas de improvisação objetivando a montagem de uma encenação construída pelo grupo.
 Na quarta-feira, além destes elementos temáticos, o foco central será a construção cênica sobre o universo feminino, suas particularidades, cotidiano, subjetividades e vivências, desde o ponto de vista das próprias participantes.
A iniciativa é uma realização da Prefeitura de Porto Alegre por meio da Descentralização da Cultura/SMC, que oferece ao público mais de cinqüenta oficinas culturais nos diferentes bairros e regiões da cidade.
Maiores informações através do
E-mail oficinasdescentralizacao@gmail.com 
A Oficineira 
Aline Ferraz é atriz, produtora e arte-educadora. Formada pela Escola de Teatro Popular da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (2010-2012), grupo no qual atuou durante quatro anos em espetáculos de Teatro de Rua e, em espaços alternativos. Atualmente trabalha no Ubando Grupo no espetáculo Hoje Sou Hum; Amanhã Outro – de Qorpo Santo. Assim como no espetáculo Poesia em Movimento, do Grupo TIA – de Canoas. Como arte-educadora, atualmente, trabalha no Projeto Circuito Papo-Reto, da CUFARS – com oficinas de teatro em cinco escolas da rede municipal de ensino de Porto Alegre.
 ENTRADA FRANCA




2 de set de 2014

Um Passo Além

Descentralização levará ao Centro Municipal de Cultura a produção teatral das Oficinas

 - O aquecimento psicofísico, as criações coletivas de cenas e a posterior dramatização para o grande grupo, são os três principais exercícios praticados pela galera da Oficina de Teatro que ocorre às Quartas-Feiras (das 19h às 22h) nas dependências da Associação dos Funcionários do Grupo Hospitalar Conceição (GHC), coordenado pela professora e teatreira Jacqueline Pinzon.
O grupo conta com doze alunos, sendo onze adultos - funcionários do GHC e pessoas das     comunidades da Zona Norte - e uma criança que já estava na oficina desde o ano passado. Em Agosto, o desafio maior foi o da construção grupal de cenas, visando introduzir a ideia de criação coletiva, e ao mesmo tempo, aquecendo para as Mostras de Resultados (geral e regional) programadas pela Descentralização da Secretaria Municipal da Cultura, nas datas de 3 e 10 de Novembro/14, no palco do Teatro Renascença.
A turma é centrada, disciplinada e colaborativa, bem integrada ao trabalho. Existe um clima de camaradagem e interesse, o que faz do ambiente da Oficina uma vivência muito agradável para a oficineira e os participantes.
O povo gosta de se encontrar! Em agosto, foi promovido mais um encontro - tour cultural - para assistir o espetáculo “Bukowski” no teatro de Arena. No Facebook, está a pleno vapor e a comunicação é diária.
A Oficina “Um passo além – Gramática de Cena” é coordenada por Jacqueline Pinzon com base no Método das Ações Físicas do pedagogo e encenador russo Konstantin Stanislavski (1863/1938), no qual os atores criam a cena por meio de improvisações.                                                                                        Jacqueline Pinzon: 
Jacqueline Pinzon   Atuou em mais de 50 espetáculos como diretora,                                                                                              atriz e roteirista. Coordena o grupo de                                                                                                             pesquisa teatral Nukleo Konstantin, em Porto Alegre.                                                                                         Recebeu o Prêmio Tibicuera de Melhor Produção Infantil                                                                                    de 1995 pelo espetáculo "O MENINO MALUQUINHO";                                                                                        Prêmio Palcohabitasul de Montagem Cênica 2003 com o                                                                                    projeto “ALTAFIDELIDADE- UMA FÁBULA SOBRE A                                                                                            VIOLÊNCIA URBANA”; Prêmio Tibicuera 2004 de Melhor                                                                                    Espetáculo e Prêmio Tibicuera 2004 de Melhor Direção                                                                                      por “VAMPIRAÇÕES E OUTROS MISTÉRIOS”.
 A iniciativa é uma realização da Prefeitura de Porto Alegre por meio da Descentralização da Cultura/SMC, que oferece ao público mais de cinqüenta oficinas culturais nos diferentes bairros e regiões da cidade.
Maiores informações através do E-mail oficinasdescentralizacao@gmail.com