25 de jun de 2013

MARIDO



Dinâmica: Apelo, fazer um apelo usando a argumentação exagerada como um modo de convencimento para a causa desejada. Oficina de Literatura – região Cristal – Oficineiro Diego Petrarca

Marido - Graça Bernardes

Oi Marido, dá pra explicar pra que tanta lamúria?
ou será que estou cometendo alguma injúria?

Quando é que vais pensar positivamente?
por favor, para que sofrer antecipadamente?

Marido, deixa o som do vizinho, está alto?
sabe o que mais? bota tampão no ouvido
marido, acho até que o som é maneirinho!

Chega de falar em doença, dói ali, fisgada ali.
E eu como fico nisso tudo?
também tenho dores, afinal já não sou criança.
está frio? coloca um sobretudo!

O que foi marido?
Ah! a inquilina não pagou o aluguel?
Mas bah! pede a casa, ora!
fala com ela e resolve.
deixa de choramingar por qualquer níquel!

Marido, chega!
não aguento mais, pra que tanta insatisfação?
olha pra mim, vê se ainda não dou um caldo?
Esquece, vem cá coração!

Marido, tu foste ao médico? e o coração tá ruim?
puxa, e eu aqui pensando, pensando...
que tal uma cochiladinha?
lembra o quanto é bom dormir de conchinha?

Marido, chega por favor!
pensa, para de queixa,
marido, olha aqui, ainda posso ser uma gueixa!

Falar de dinheiro, não!
tem para o arroz e feijão?
toma aqui este e compra ovo e pão.

Não quero saber se a criança dos vizinhos,
se e estão gritando, correndo ou falando palavrão
faz que não escuta, homem de Deus!
pára com essa irritação!

Ainda ontem estávamos lembrando, lembrando...
mas e aí, foi mesmo quando?
só quero que pares de lamúrias, queixas ou gueixas, deixa pra lá!
nada deve importar, vai viver a vida, dá um tempo, que tal despertar?

Marido, eu sei, te compreendo, mas será que dá
pra deixar as doenças só um pouquinho?
pega o violão e vamos cantar músicas de Vinícius e Toquinho

Estou com saudades dos passeios, dançar e cantar, 
do amigo e  companheiro, que conheci num bar
de todos és pra mim o melhor, sem vaidade
nem se preocupa com a idade
marido, eu te amo de verdade

Calma, calma, entendi, sei...
visita da tua irmã mais velha vai tirar a nossa privacidade?
isso é bom sinal, hum...
vamos deixar pra lá, ah sim, é verdade
vamos aproveitar a vida sem penalidades!

Nenhum comentário: