4 de mai de 2016

Projeto Memórias da escola realiza mais uma formação de professores.

Desta vez a Descentralização da cultura esteve na EMEF João Antonio Satti.





A formação foi realizada para os professares das turmas de B10 E B20. As primeiras têm especial interesse no patrimônio cultural de Porto Alegre, uma vez que o conteúdo desta série é voltado à história da cidade.

Mas além de pensarmos a cidade  como fonte de cultura, através de seus distintos patrimônios, exercitamos o olhar para reconhecer na escola bens importantes para a comunidade. O resultado é uma escola que tem os alunos esportistas patrimônio reconhecido pelas inúmeras medalhas e troféus.




A brinquedoteca como um espaço diferencial para o aprendizado pela ação da criança – o brincar. Ali não esta esquecida é colocada em destaque.




A mandala da escola: uma camélia. Flor que representa o movimento abolicionista. Plantada para contribuir com a consciência negra.Um bem natural a ser preservado.



Para os professores a formação:

“ Permitiu repensar o quanto de patrimônio material e imaterial estão ligados a escola”
Profª Diva Márcia Costa

“Enriquece o nosso conhecimento e desperta sobre um assunto que é altamente importante de ser abordado com os alunos, mas não o fazemos. Agora será deferente , será falado e contemplado no trabalho em sala de aula.” 
Profª Claudia Nunes Escolani

“ Saber da história do meu local de trabalho me fez valorizar e enxergar melhor onde estou inserida. Cria identificação.” 
Profª Heide f. Bertotti

Nenhum comentário: